E-mail marketing

por Ricardo Di Santo

O e-mail marketing é uma ferramenta de marketing direto que utiliza o meio eletrônico como forma de entrega e recebimento de mensagens. É uma ferramenta muito poderosa e que pode trabalhar em conjunto com outros canais como as lojas virtuais potencializando suas ações e estratégias.

A personalização é uma das recomendações que pode contribuir para o aumento das vendas. Com base no comportamento dos clientes ou visitantes, é possível detectar padrões e utilizá-los dentro de um processo de automação que vai orientar o produto ou mensagem certa para a pessoa certa.

Um trabalho feito com clientes inativos também pode ser uma boa estratégia a partir de promoções relevantes. São vários os recursos que podem ser pensados e utilizados para que se tenha melhores desempenhos: testes A/B, relatórios, segmentação, assinantes, automação e recomendações de produtos são algumas delas.

Outras vantagens do e-mail marketing são os resultados reais que podem ser medidos: taxa de abertura; quantos abriram, mas não clicaram; quantos foram do e-mail para o site, quais foram os itens mais e menos clicados e facilidade de comunicação.

Uma prática que vale sempre destaque é o Spam. Algumas marcas ainda insistem em enviar conteúdo não autorizado. Além de ser algo ilegítimo, faz com que a marca possa sofrer desgaste com o tempo, virando sinônimo de conteúdo de baixa qualidade e/ou sem relevância. Em um nível menos problemático, mas não menos importante, são marcas que tem autorização para o envio (opt-in) mas que encaminham tudo para todos sem que haja um trabalho de planejamento ou segmentação. É importante sabermos que, mesmo uma pessoa que tenha autorizado o recebimento, não significa querer receber tudo a todo momento. Este é um assunto que deve ser levado a sério por profissionais de marketing e comunicação.

Pense no e-mail marketing como um meio, não como um fim!